02 março, 2017

MISSA ECUMÊNICA, TRABALHO EM ANDAMENTO? A CONSAGRAÇÃO EMBARAÇA OS REFORMADOS. O ESTRATAGEMA DO SILENCIO…

Fonte: http://www.marcotosatti.com/2017/03/01/messa-ecumenica-lavori-in-corso-la-consacrazione-imbarazza-i-riformati-lescamotage-del-silenzio/

MARCO TOSATTI


São somente vozes, e portanto é necessário ter em conta os detalhes. Mas já o fato que estas vozes circulem por aí é um sinal; e os meus informantes que me alertaram são geralmente bons.

Assim, escreveremos tudo no condicional. Uma comissão mista de católicos, luteranos e anglicanos ligados ao segredo estariam ao trabalho, para colocar  uma forma de missa da qual possam participar os fiéis de todas as três confissões cristãs. Não se fala de ortodoxos. Não parece que teria algum documento escrito; ficamos ao nível de notas verbais.

A hipótese prevê uma primeira parte de liturgia da palavra, que não apresenta problemas; depois o reconhecimento dos pecados, e o pedido de perdão a Deus, e a recitação do Glória, haveriam as leituras, e o Evangelho.

01 março, 2017

Congresso: Lutero e o protestantismo

A Associação Dom Vital e a Fraternidade São Mauro realizam o seu II Congresso dos Estudantes Universitários Católicos para abordar Lutero e o significado dos 500 anos da Reforma Protestante (1517-2017).

 O tema sugerido é de importância capital porque muito se fala de Lutero e pouco se sabe sobre o seu real significado, a história da Reforma e a vida do monge reformador. São escassas as obras que tratam de sua biografia sendo que, não raro, viceja a ignorância sobre Lutero e a Reforma Protestante.

Para tanto o congresso irá trazer temas fundamentais para se entender o movimento da reforma. O Prof. André Melo falará sobre a Vida de Lutero; a Profª e Drª em história Laura Palma trará a História da Reforma. Seguem-se depois o tripé luterano com a Profª Drª Ivone Fedeli e a Sola Scriptura; O Sola Fide e o subjetivismo luterano será debatido pelo Prof. Marcelo Andrade; o Solus Christus será abordado pelo Prof. Bruno Silveira e por fim a teologia Luterana da Sola Gratia será ministrada pelo Pe. Edivaldo Oliveira.

A todos os interessados, não deixem de participar do congresso! Serão dois dias de intensas palestras, com intervalos para coffee break e contato direto entre os palestrantes e congressistas.

O congresso será no Memorial de Medicina, no Derby, área central da cidade, na noite do dia  28/04/2017 e durante o dia 29/04/2017, culminando com a celebração da missa.


O valor do congresso será R$ 30,00 (trinta reais) com direito a coffee break. O almoço será em restaurante próximo ao Memorial de Medicina, com preço diferenciado para os congressistas.

Inscrições aqui.

20 fevereiro, 2017

O ultraje carnavalesco de 2017



“Dois amores erigiram duas cidades, Babilônia e Jerusalém: aquela é o amor de si até ao desprezo de Deus, esta, o amor de Deus até ao desprezo de si”.
Santo Agostinho, A Cidade de Deus.

Fig. Nossa Senhora da Salete.


Uma escola de samba de São Paulo, a Unidos de Vila Maria, “homenageará” Nossa Senhora Aparecida no desfile de carnaval de 2017.

O fato é escandaloso e merece reprovação, como veremos.

Escola de samba segundo o Wikipédia é:

é um tipo de agremiação de cunho popular que se caracteriza pelo canto e dança do samba, quase sempre com intuito competitivo. Sendo um tipo de associação originária da cidade do Rio de Janeiro, as escolas de samba se apresentam em espetáculos públicos, em forma de cortejo, onde representam um enredo, ao som de um samba-enredo, acompanhado por uma bateria; seus componentes — que podem ser algumas centenas ou até milhares — usam fantasias alusivas ao tema proposto, sendo que a maioria destes desfila a pé e uma minoria desfila sobre "carros", onde também são colocadas esculturas de papel machê, além de outros adereços.

O desfile se consuma pela sucessão de várias destas escolas de samba e dura várias horas.

As escolas são avaliadas por vários quesitos: bateria, harmonia (sic), conjunto, fantasias, evolução etc. A que obtiver maior pontuação, dada por um corpo de jurados, será declarada campeã[1].

Os desfiles olhados globalmente são caracterizados pela exposição gratuita de luxo, de temas inconsistentes, de pornografia, de mau gosto, de fantasias excessivamente rebuscadas e chamativas, de desperdício de dinheiro e de tempo (quase tudo é jogado fora depois do evento[2]) e de autoglorificação.

01 fevereiro, 2017

CONTRADIÇÕES EM COIMBRA

Em toda a Europa, vê-se uma contradição entre todo o patrimônio histórico antigo e as construções modernas. Veem-se também contradições entre muitos turistas que dizem odiar a Monarquia, o catolicismo e a Idade Média, mas pagam caro para ver as construções das realezas, da Igreja e as medievais.

A Notre Dame de Paris, por exemplo, é bem mais visitada que a destoante torre de Montparnasse, mas não deveria ser o contrário? Afinal, a primeira é obra da “horrenda” Igreja medieval e a segunda é uma torre alta, tal como um menir gigantesco, e moderna do último quartel do século XX.

Fig. 1 Biblioteca da Univ. de Coimbra: beleza que impõe respeito
Portugal não foge a regra, há várias contradições. Em Coimbra, destaca-se uma contraposição triste entre a Biblioteca Joanina e algumas “repúblicas estudantis”.

Na tradicional Universidade de Coimbra, onde um dia os professores juravam defender a fé e a ensinar o tomismo, existe uma das mais belas bibliotecas do mundo, a dita “Joanina”.